fbpx

Como montar um e-commerce: 5 passos para estruturar o seu!

Marketplace: como começar seu e-commerce? Passo a passo
14 Abril, 2020
O que é Omnichannel? E como aplicar essa estratégia no e-commerce?
18 Maio, 2020

Nos últimos anos o número de e-commerces vêm crescendo consideravelmente, mas poucos empreendedores sabem como montar um e-commerce do jeito certo. Muitos simplesmente pulam etapas essenciais, como o planejamento, por exemplo.

Por isso, vou te mostrar quais os 5 passos essenciais para montar um e-commerce de sucesso. 

Dicas sobre como montar um e-commerce passo a passo

Passo 1 – Planejamento 

Todo negócio deve ser iniciado com um bom planejamento, independentemente de ser online ou físico. E para montar um e-commerce de sucesso, existem 4 pilares que devem ser muito bem planejados: Nicho, persona, produto e fornecedores. Eles são a base do seu negócio, por isso faça um planejamento bem detalhado para não ter problemas no futuro. 

Nicho de mercado

O nicho de mercado, resumidamente, é uma parcela da população que busca a mesma solução para um determinado problema. Existem diversos nichos, e pode ser que você não tenha nenhuma ideia do que você quer vender ou de que área gostaria de atuar. 

Se você é uma dessas pessoas, faça uma pesquisa e veja quais são os nichos que estão em alta, e pense se gostaria de atuar nessa área também. 

Alguns requisitos para a escolha do nicho: 

  • Deve ser lucrativo; 
  • Você deve gostar da área; 
  • Não ter muitas barreiras para iniciar.

Persona

Em segundo lugar do planejamento, está a persona. Essa persona é uma representação do seu cliente ideal, que vai te ajudar a direcionar toda a sua comunicação e decisões de negócio. 

A primeira regra para a montagem da persona é não a inventar. Baseie a sua construção em dados e pesquisa, e não em imaginação da sua cabeça. Faça uma busca utilizando o planejador de palavras-chave, o facebook insights, grupos do facebook. Há diversas ferramentas gratuitas para fazer essa pesquisa.

A segunda regra é que a persona muda com o tempo, e isso é totalmente normal, por isso não gaste tanto sua energia nessa fase. Crie uma persona bem feita, mas não fique muito presa aqui. 

Produto

Se você já definiu o nicho de mercado, é hora de escolher o que você pretende vender. Nessa etapa do planejamento, é preciso tomar alguns cuidados na escolha do produto: 

  • Deve ser permitido pelos correios, o site possui uma lista de produtos proibidos;
  • Possibilidade de escalar a produção, caso a demanda cresça, você precisa conseguir produzir o suficiente ou o fornecedor deve conseguir fornecer o suficiente; 
  • Deve ter demanda, assim como você já pesquisou na etapa do nicho, veja se esse produto também possui demanda.

Fornecedores

No Google você consegue achar fornecedores facilmente, pode levar algum tempo, mas vai encontrar. Enquanto você pesquisa, crie uma lista com os dados de cada um, para entrar em contato depois. 

O ideal é que você tenha mais de 1 fornecedor de confiança para que seu negócio não fique dependendo de um único fornecedor.

Pessoas aprendendo sobre como montar um e-commerce

Passo 2 – Escolha os canais de venda

É importante que você entenda que não há necessidade de começar um e-commerce com uma loja virtual, as vendas podem ser efetuadas através de marketplaces ou redes sociais. Porém, quando seu negócio já estiver vendendo bem, você pode investir em sua própria loja virtual. Isso vai dar mais credibilidade ao seu negócio, além de ter seu próprio público.

Utilize mais de um canal de vendas, porque além de ser uma forma de diversificar, você fica segura caso algum imprevisto aconteça com algum canal. Imagina o desastre de depender somente de vendas do Instagram e a sua conta ser deletada ou hackeada, então planeje-se. 

Vamos ver cada um dos canais de venda que você pode utilizar em seu negócio. 

Redes sociais

Escolha uma rede social onde sua persona está presente, para que você não gaste energia e dinheiro à toa. Além disso, adeque a escolha ao seu produto, por exemplo, se a sua loja vende produtos para decoração, pode ser interessante marcar sua presença no Pinterest.

Principais redes sociais: 

  • Facebook;
  • Instagram;
  • Linkedin;
  • Pinterest.

No Facebook e Instagram, você pode criar uma loja virtual dentro da própria plataforma e utilizar links de pagamento para que as pessoas possam finalizar a compra. Veja nesse tutorial como fazer essa loja no Facebook e Instagram.

Marketplaces

Os marketplaces são uma excelente forma de iniciar o seu e-commerce, já que a maioria possui um número de visitas alto e você reduz bastante os seus gastos iniciais. Não existe um marketplace perfeito, recomendo que você pesquise bastante o que mais se encaixa com o seu produto e possuem as menores tarifas. 

Principais Marketplaces: 

  • Mercado Livre;
  • Elo7;
  • Amazon;
  • Magazine Luiza;
  • B2W;
  • Carrefour;
  • Mobly;
  • MadeiraMadeira.

Loja Virtual 

Ter sua própria loja virtual é o ideal, porque assim você consegue cadastrar quantos produtos você quiser, pode vincular com marketplaces, ter um design personalizado e outras vantagens.  Entretanto, nem todo mundo pode fazer esse tipo de investimento no começo, já que é recomendado que você contrate uma empresa para fazer a criação da Loja. Se você não pode criar uma no momento, utilize os outros canais de vendas que listamos aqui.

Mão segurando artigo sobre como montar um e-commerce

Passo 3 – Invista em marketing de conteúdo

O marketing de conteúdo é uma estratégia para atrair a sua persona através de conteúdo que a interesse. Esse conteúdo é o que vai fazer com ela conheça a sua marca e compre seu produto. 

Porém, esse conteúdo deve ser feito de forma estratégica e não simplesmente postar fotos dos seus produtos. Isso não é interessante para a sua persona, ela quer uma informação útil para o dia-a-dia dela ou para algum problema que está enfrentando.

Esse conteúdo pode ser feito através de alguma rede social ou mesmo um blog dentro de sua loja. 

Passo 4 – Tenha um atendimento excelente

Dê uma experiência incrível para a pessoa que entrar em contato, mesmo que ela não seja cliente ainda. As pessoas adoram atenção, por isso faça o máximo possível para que a experiência dela com a sua marca seja incrível. 

Além disso, faça um pós-venda para fidelizar aqueles que já são seus clientes, para que eles se tornem verdadeiros promotores da sua marca. O atendimento é essencial para que seu negócio cresça, não o deixe de lado, pense sempre em como você pode aprimorá-lo.

Passo 5 – Avalie os resultados

Essa parte é fundamental para que seu negócio evolua com o tempo, e envolve o seu negócio como um todo, desde o produto até os conteúdos que você posta no Instagram. 

Então, faça uma avaliação de quais produtos você está conseguindo vender mais e quais não estão tendo bons resultados, veja quais são os conteúdos mais acessados do blog, quais os posts possuem mais engajamento e etc. 

Você pode utilizar ferramentas para analisar esses dados como o Google Analytics, caso tenha uma loja virtual. Caso não tenha loja, veja os anúncios do marketplace que possuem mais cliques ou qual postagem teve mais engajamento no instagram, por exemplo. 

Ter esses dados vai te ajudar a tomar melhores decisões para seu negócio, seja para fazer mais um tipo de conteúdo ou incluir mais um produto no seu portfólio.

Pessoas analisando como montar um e-commerce

Agora que você já aprendeu como montar um e-commerce de sucesso, é hora de colocar tudo em prática. Seguindo esses passos você conseguirá criar seu e-commerce do zero, mas lembre-se de não se acomodar e estar em constante aprendizado. 

Conhece uma amiga que quer montar um e-commerce? Manda esse artigo para ela. 

taispereiraoficial
taispereiraoficial
Empreendedora Digital em busca de ajudar novas Empreendedoras como EU!

2 Comentários

  1. Jaqueline Brandão diz:

    Dicas e estratégias excelentes!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *