fbpx

Blog para e-commerce vale a pena? Tudo que você precisa saber!

Nome para empresa: aprenda como definir o nome perfeito!
24 Março, 2020
Linkedin para E-Commerce: será que funciona? Veja como utilizar.
4 Abril, 2020

Blog para e-commerce vale a pena? Essa é uma dúvida comum quando se é iniciante nesse mercado ou até mesmo para aqueles que já estão a um tempo com uma loja virtual e não entendem a necessidade de criar um blog.

Por isso, quero te mostrar, com esse artigo super completo, todos os benefícios que um blog pode trazer para sua loja virtual e ainda algumas dicas para ter um blog de sucesso.

3 motivos para seu e-commerce ter um blog

Atrair mais clientes

Criar um blog para e-commerce ajuda atrair mais clientes qualificados, porque as pessoas que irão ler os artigos realmente estarão interessadas naquele assunto. E assim elas passam a conhecer sua loja virtual e seus produtos. 

Segundo a pesquisa E-commerce Trends de 2018, os que utilizavam um blog para e-commerce recebiam, aproximadamente, 9 vezes mais visitas e 13 vezes mais clientes do que os que não tinham um blog.

Gerar autoridade para seu negócio

Os conteúdos de qualidade vão fazer com que sua empresa seja reconhecida como autoridade naquele mercado, e com isso o seu público confiará mais no seu e-commerce e nos seus produtos.

Criar conexão com o seu potencial cliente

Uma coisa interessante sobre o comportamento atual dos consumidores é que eles compram de marcas em que confiam e que possuem algum tipo de conexão com eles. 

Por isso, é importante criar conteúdos para que seus potenciais clientes se sintam mais próximos da sua marca.

Dicas para fazer seu blog dar certo

Monte uma estratégia de conteúdo

Produzir conteúdo sem saber o porquê, ou publicar somente artigos sobre seus produtos não funciona. É necessário planejar e ter em mente os objetivos daquele conteúdo. 

E esse planejamento começa conhecendo o seu cliente e entendo o que ele busca, quais são suas dores, os seus desejos e o que ele gosta. Após isso, é necessário definir os conteúdos que podem interessar esse cliente ou possível cliente, e isso você só saberá depois de conhecê-lo.

Depois da etapa de planejamento do conteúdo, é hora de criar os textos. Os seus textos devem ser leves, de forma que o visitante não se canse, e para isso utilize subtítulos, listas e imagens. Lembrando que você precisa entender um pouco de SEO para que seu texto seja encontrado pelo o usuário.

Tenha frequência 

Sinto te informar, mas publicar 100 artigos e depois não postar nada durante um ano, é tempo e dinheiro desperdiçado. A frequência não só vai te ajudar a posicionar seu blog mais rápido, como também vai fazer com que seu cliente volte sempre para ler novos conteúdos.

E manter essa frequência é bem fácil quando você faz um planejamento e monta um calendário de conteúdo. Assim, você não corre o risco de ficar sem publicar por falta de ideias.

Utilize uma plataforma de e-commerce adequada

Nem todas as plataformas de e-commerce disponibilizam esse recurso de criar um blog, por isso você deve escolher com cuidado. Porque a escolha errada pode prejudicar seu posicionamento no Google depois.

A plataforma Tray possui esse recurso e facilita o processo de criação do seu blog, além de ser uma das melhores do ramo e com um valor acessível para quem está começando.

Ideias de conteúdo para e-commerce

Depois de todo esse conteúdo, vem a dúvida: o que publicar? Lembrando, para criar um conteúdo que cumpra seu objetivo é fundamental ter feito uma pesquisa sobre o seu cliente. Os conteúdos que você deve postar são aqueles que solucionem os problemas do seu público ou ajudem de alguma forma. 

Por exemplo, se você tem um e-commerce que vende produtos para pets, pode falar sobre adestramento, cuidados com filhotes ou alimentação ideal para cachorros com problemas de estômago. Perceba que os conteúdos são úteis para seu potencial cliente e não simplesmente informações sobre seus produtos.

Lugares para ter ideias:

  • Concorrência;
  • Perguntando aos seus clientes ou seguidores nas redes sociais;
  • Ferramentas de palavras-chave;
  • Grupos do Facebook;
  • Comentários em vídeos. 

Exemplos de e-commerces que possuem blog 

Petlove

A Petlove é um dos maiores e-commerces do segmento pet do Brasil, e além de utilizar blog em sua plataforma, cria conteúdo em vídeo e recentemente lançou um podcast. 

Imagine que você adotou um filhote de cachorro recentemente e quer saber quais os cuidados necessários. Quando você pesquisa sobre “dicas de cuidados com filhotes de cachorro”, você vai encontrar um artigo da PetLove sobre assunto. 

Ou seja, a empresa publicou um artigo sobre o assunto e com ele, consegue atrair mais clientes para sua loja virtual. O melhor de tudo é que você não paga nada para seu artigo aparecer, diferente dos anúncios no qual você paga por clique.

Music Jungle

Outro exemplo de e-commerce que possui um blog, é o Music Jungle que vende instrumentos musicais. No blog da loja virtual, eles tratam assuntos relacionados ao universo do músico, ou seja, dicas para escolher o melhor instrumento, como cuidar bem de um certo instrumento e outros.

Dessa forma a pessoa que chega até o blog deles é uma pessoa que tem interesse no assunto e nos produtos que eles oferecem. 

Conclusão

Por fim, o blog para e-commerce é fundamental para uma boa estratégia de marketing digital, porém se trata de um trabalho de longo prazo. 

Não se iluda pensando que seu primeiro artigo aparecerá nas primeiras páginas do Google, porque, como disse, é uma estratégia de longo prazo. Depois de todo esse artigo, você ainda tem dúvida se vale a pena ter um blog no seu e-commerce?

E se você ainda está no começo e não tem uma loja virtual, entre em contato e solicite seu orçamento! 

taispereiraoficial
taispereiraoficial
Empreendedora Digital em busca de ajudar novas Empreendedoras como EU!

1 Comentário

  1. […] artigos que podem te interessar: 😍 Blog para e-commerce vale a pena? Tudo que você precisa saber!😍 E-commerce nas redes sociais: qual utilizar e como ter […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *